internet

Justiça Eleitoral instala Centro de Comando e Controle para segurança das eleições na PB

Conforme o plano de segurança integrado das Eleições Gerais 2022, envolvendo a Secretaria de Segurança e Defesa Social, o Exército Brasileiro, o Corpo de Bombeiros, e as Polícias Militar, Federal, Civil e Rodoviária Federal.

Por portalvirgulaparaiba.com em 30/09/2022 às 10:41:32

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) instala, nesta sexta-feira (30), o Centro de Comando e Controle (CCC), conforme o plano de segurança integrado das Eleições Gerais 2022, envolvendo a Secretaria de Segurança e Defesa Social, o Exército Brasileiro, o Corpo de Bombeiros, e as Polícias Militar, Federal, Civil e Rodoviária Federal.

A informação foi dada durante sessão ordinária da Corte Eleitoral, pelo desembargador Leandro dos Santos, presidente do Eleitoral paraibano.

"Todas as forças de segurança dando o melhor de si, inclusive a Polícia Militar nos colocou à disposição o helicóptero, para situações emergenciais, o Corpo de Bombeiros tem um avião, também colocou à disposição, para uma necessidade específica, cada um sabendo o que tem que fazer, estaremos aqui no TRE-PB durante todo o dia das Eleições", enfatizou o desembargador Leandro dos Santos.

O CCC funcionará a partir das 7h até a conclusão das Eleições, com a divulgação dos resultados, e concentrará as informações de todas as ocorrências relativas ao processo eleitoral, que forem registradas em todo o Estado, no dia das Eleições.

Representantes da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Paraíba e do Ministério Público Federal apoiarão o CCC durante o seu funcionamento.

E, também, a exemplo do que ocorreu no Tribunal Superior Eleitoral, o TRE da Paraíba convidará as candidatas e os candidatos ao cargo máximo do Poder Executivo Estadual para, na sexta-feira (30), virem visitar as dependências do edifício-sede do TRE-PB e conhecerem o ambiente que comporta o Sistema de Totalização; "Exatamente, nessa ideia de estarmos de portas abertas, para a concretização da transparência", afirmou o desembargador Leandro dos Santos.]

Fonte: Maispb

Comunicar erro

Comentários