internet

Hugo descarta saída do Republicanos da base do governador: "Nós temos posição clara de apoio a João"

Por portalvirgulaparaiba.com em 28/06/2022 às 20:23:27

O deputado federal Hugo Motta, presidente estadual do Republicanos, se manifestou na noite nesta terça-feira (28) após as especulações sobre sua saída da base do governo em busca de reconhecimento na oposição. O parlamentar disse que mantém seu posicionamento de apoio a reeleição do governador João Azevêdo (PSB), mas que espera que os critérios para a formação da chapa majoritária sejam estabelecidos e aceitos por todos da aliança.

"Eu não estou fazendo leilão, nem para ter vice, nem para ter candidato ao senado, nem para ter espaço no governo, nem estou deixando as pessoas imaginarem isso, só estou dizendo que o diálogo na política acontece. Nós temos posição clara de apoio ao governador, de apoio à reeleição de João Azevêdo, e nossa construção interna espera que os critérios sejam estabelecidos para formação da chapa majoritária e que nós sejamos chamados ao diálogo e que todos sentem a mesa com esse mesmo espírito, e que assim nós vamos chegar a uma equação", disse em entrevista a rádio Arapuam FM.

O deputado disse que está em busca de que o partido presidido por ele tenha o seu devido reconhecimento dentro do processo de construção da chapa do governador. "O Republicanos tem clareza nas suas posições, e o partido quer, precisa, e acredita que vai ser reconhecido pela sua importância no processo, e o nosso desejo a Paraíba inteira sabe que é contribuir, colaborar com o projeto de reeleição do governador João Azevêdo".

A fala de Hugo é uma reposta às declarações do ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB) na tarde de hoje, onde afirmou que o PSDB está aberto a dialogar com o Republicanos sobre as Eleições de 2022, e que deve oferecer a vaga de vice de Pedro Cunha Lima (PSDB) na disputa do governo para atrair parlamentares republicanos.

Segundo o parlamentar, é natural no processo político que uma liderança busque outras em momentos de insatisfação para agregar ao projeto eleitoral. "Nesses processos em que há uma insatisfação daqui, outra insatisfação dali, é natural que uma força que deseja vencer a eleição procure um partido, uma liderança que esteja insatisfeita no seu campo para tentar com isso construir ou atrair essa pessoa para o seu lado, isso é natural, é do processo político."

Hugo ainda agradeceu os elogios tecidos por Cássio e afirmou que até o momento não houve qualquer conversação entre ele ou lideranças do partido Republicanos com o ex-senador, ou qualquer outro integrante do grupo Cunha Lima.

Cássio declarou em entrevista à Arapuan FM, na tarde desta terça-feira (28), que a oposição liderada por Pedro vai buscar diálogo com Hugo Motta, líder do Republicanos.

"Como a política tem como essencial o diálogo, é claro que estamos abertos a que Pedro, Efraim Filho (União), nosso campo de aliança e o nosso campo político está aberto a conversar com o Republicanos", disse o ex-senador.

Fonte: Wscom

Comunicar erro

Comentários