internet

Águas da Barragem de Mãe d"Água começam a se unir com as do Açude de Coremas

Por portalvirgulaparaiba.com em 02/01/2022 às 00:03:35

Após as fortes chuvas caídas nos últimos dias no Vale do Piancó, e consequentemente, as cheias nos principais rios afluentes da região, as águas da Barragem de Mãe d"Água começaram a se unir com as do Açude Estevam Marinho, popularmente conhecido como Açude de Coremas.

As águas começaram a se unir na tarde deste sábado, dia 01 de janeiro, formando o Complexo Coremas-Mãe d"Água, o maior complexo hídrico do estado da Paraíba, e um dos principais do Brasil. A união das água se dá quando em determinado momento os dois mananciais atingem um volume hídrico próximo aos 40% da capacidade, sendo que o que estiver com mais recarga passa a enviar água para o outro e vice-versa.

Atualmente, o Açude Estevam Marinha (Açude de Coremas), que tem capacidade de armazenamento de 744.144.694 m³, se encontra com 292.138.918 m³, equivalente a 39,26%. Já a Barragem de Mãe d"Água, que tem capacidade de armazenamento de 545.017.499 m³, encontra-se com 221.596.158 m³, o que equivale a 40,66%. Juntos, ambos formam um complexo hídrico com capacidade superior a 1 bilhão de metros cúbicos de água.

O Secretário de Meio Ambiente de Coremas, José Albertino, registrou o momento em que as águas se uniram, fato este que há tempos não se era visto. A última vez que o complexo transbordou foi no ano de 2011.

Veja abaixo o vídeo feito por José Albertino:

Patosonline.com

Fonte: Patosonline.com

Comunicar erro

Comentários